quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

57.水掛け論 MIZUKAKERON.

Mesmo que da discussão possa nascer a compreensão, existe uma expressão japonesa - MIZUKAKERON 水掛論 - que significa "Argumentações inúteis"... Seguindo esta linha de pensamento, existem assuntos dentro das Vias Marciais (Budō) japonesas que também poderiam ser definidas como Mizukakeron.
Este é o caso da discussão sobre o que é mais importante: BUNKAI ou KAISETSU de um kata.
Para tornar claro o contexto da discussão, vamos ver o que significam literalmente os termos e depois comentar cada um.
Escolas como a Gōjū-ryū, Shitō-ryū, etc. usam o terrmo Bunkai.
BUNKAI 分解 - "Entender as partes", onde:
分 BUN - Parte(s), segmento(s)
解 KAI - "Entender, compreender".
Algumas escolas de Wadō-ryū afirmam não ter Bunkai, mas Kaisetsu.
KAISETSU 解説 - Literalmente, significa "opinião fundamentada", mas os dicionários japoneses trazem "explicação" ou "comentário". Onde:
解 KAI - "Entender, compreender".
説 SETSU - "Opinião, teoria".
Para estas escolas de Wadō-ryū, "BUNKAI é desmontar parte por parte de uma bicicleta e KAISETSU seria andar de bicicleta".
Neste contexto de definições semelhantes, eu poderia ainda adicionar outro termo a esta discussão, ou seja, o termo KAISHAKU.
KAISHAKU 解釈 - "Interpretação", onde:
解 KAI - "Entender, compreender".
釈 SHAKU - "Explicação".
Mas será que essa discussão realmente importa? Será que a definição encerra a compreensão do kata? Pois, numa análise elementar, "sem bicicleta não se pode andar"!
Se entendemos as partes de um Kata (Bunkai) ou tivermos a explicação (Kaisetsu) a respeito do mesmo, não estaremos - de uma forma ou outra - a compreender o referido kata?
Acredito que este tipo de discussões simplesmente menosprezam a inteligência humana, pois não levam em consideração que os seres humanos são capazes de "pensar", associar informação e formar suas próprias ideias... ou seja, de formas diversas, são capazes de aprender.
Sendo minimamente observadores, veremos que nas três definições (BUNKAI, KAISETSU e KAISHAKU) há um elemento comum: 解 KAI - "Entender, compreender". 
Ou seja, o objetivo fim é "entender" o que se faz, independentemente da forma como é feito. 
Não importa, portanto, se a bicicleta está lá fora, se a desmontamos parte a parte ou se estamos a andar na bicicleta... desde que se tenha a bicicleta!
Se não houver informação, não há "Entendimento" e "Compreensão" (KAI ) de forma alguma! (^_^)
-----

56. 間 MA "Intervalos".


As distâncias de combate.
Em primeiro lugar, deve ficar claro que - literalmente - o ideograma MA 間 significa "intervalo, espaço (físico)", mas para efeitos de explicação, usarei este ideograma com o sentido de "distância".
Dito isto, sabe-se que em Karate existem três intervalos (distâncias) de combate:  
- É o "distância longa", chamada em japonês TŌ-MA 遠間. É a distância onde as técnicas de braços são inúteis, permitindo apenas técnicas de pernas. Aqueles Karateka que têm nas técnicas de pernas o seu ponto forte (Tokui-waza 得意技), devem procurar manter o combate dentro desta distância.
- É o "distância adequada", chamada em japonês MA-AI 間合. Literalmente, Ma-ai significa "Intervalo encontrado",significando que o intervalo entre os oponentes é o ideal para técnicas de braços e pernas. Aqui, todas as técnicas de Karate podem ser utilizadas. Diz-se ser este o "intervalo ideal" porque idealmente tem o sentido de que "permite todas as técnicas sejam utilizadas", mas não é um "ideal" que deva ser seguido à risca, porque o combate é algo dinâmico e exige adaptação imediata às circunstâncias do mesmo.
É o "distância curta", chamada em japonês CHIKA-MA 近間. É a distância extremamente aproximada onde as técnicas de braços têm prioridade. Aqueles Karateka que têm nas técnicas de braços o seu ponto forte (Tokui-waza 得意技), devem procurar manter o combate dentro desta distância.
---
É um erro comum achar que MA-AI é a "distância ideal". A distância ideal é aquela da qual atingimos o adversário com a nossa técnica. Isto quer dizer que não importa qual distância onde estivermos desde que a técnica seja efetiva. 
Por outro lado, a consciência real das nossas possibilidades e capacidades (espirituais, técnicas e físicas - Shingitai 心技体) é que será o fator determinante na escolha estratégica da "distância ideal".
-----
Combat Distances.
First of all, it must be clear that - literally - the ideogram MA  means "interval, space", but in this explanation I am going to use this ideogram meaning "distance".
Said that, it is known that in Karate we have three combat intervals (distances).
1st - It is "Long distance", called in japanese TŌ-MA 遠間. It is the distance where Te-waza ("arm/hand tachniques") are useless, allowing feet techniques to be used only. The Karateka that have in Ashi-waza (feet techniques) their Tokui-waza 得意技 "strong techniques" must keep the opponent / adversary in such distance.
2nd - It is "Adequate distance", called in japanese MA-AI 間合. Literally, Ma-ai means "interval found, interval met", that is, the interval, the distance between the opponents is ideal for hands and feet techniques. At this distance all Karate techniques can be freely used. It is said this distance is ideal because "ideally" it allows all techniques to be used. But "ideal" does not mean "compulsory" because "combat" is dynamic and requires immediate adaptation to the circumstances.
3rd - It is "Short distance", called in japanese CHIKA-MA 近間. It is the very close distance where hand techniques have main priority. The Karateka that have in Te-waza (hand techniques) their Tokui-waza 得意技 "strong techniques" must keep the opponent / adversary in such distance.
-----
It is a common mistake to believe that Ma-ai is really the "ideal distance". The "ideal distance" is the one from which we are able to hit the opponent with our technique. It means that - in fact - no matter how far or close we are once the technique is effective.
On the other hand, awareness of our real possibilities and capabilities (spiritual, technical and physique - Shingitai 心技体) is the key factor to determine the strategic choice of an "ideal distance".
-----

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

55. KARA de KARATE.


'Kara' in Japanese means empty, nothing inside, but in the Buddhist way of thinking things that couldn't see are most important and with full of contents like the air we breathe, which looks doesn't exist but without this the life couldn't exist. 'Te' means hand (Kanji character also shows with hand with fingers) but at the same time also means to protect things you carefully hold in your palm.
N. Nukina - July 2008
Permitam-me expressar as minhas dúvidas a respeito desta afirmação.
Falemos um pouco sobre a história do Karate a fim de entendermos o contexto em que o assunto está inserido.
Quando o Karate era praticado em Okinawa tinha a denominação Tōde, o que em ideogramas era escrito da seguinte maneira 唐手.
Como sabemos, (desculpem estar sendo repetitivo, mas determinados assuntos estão interligados - idioma japonês e Karate é um destes casos) os ideogramas japoneses têm três formas de leitura: On'yomi, Kun'yomi e Nanori. Portanto, a palavra Tōde, não foge à regra. 
Por quê? 
1º - Porque a expressão está escrita em "ideogramas". 
2º - Porque na época do início do Karate, Okinawa já era território japonês. 
3º - Considerando os dois primeiros pontos, o Tōde estava sob a jurisdição japonesa.

Portanto, vamos ver os ideogramas de Tōde:
On'yomi: TŌ
Kun'yomi: KARA
Nanori: KARO, TAN
Tradução: Dinastia Chinesa Táng, China.
On'yomi: SHU, ZU.
Kun'yomi: TE
Tradução: Mão(s).

Assim sendo, a tradução de Tōde era, de fato, "Mãos Chinesas" e uma das suas formas de leitura era "KARATE 唐手"... é bom lembrar que em Okinawa, "Mão(s)" Ti 手 também tinha o sentido de "Técnica(s)".
Quando o Karate foi levado de Okinawa para o Japão por Funakoshi Gichin, naturalmente, para a arte ser aceite no Japão, aceite pela sociedade japonesa, a designação "Mãos Chinesas" estava TOTALMENTE fora de questão!
Foi necessário, então, alterar o ideograma Tō 唐 para outro que retirasse o sentido "Chinês".
Dizer "necessário" é um tanto "suave", pois a realidade é que foi "obrigatória" tal mudança. 
Foi só por isso, então, que apareceu o ideograma KARA 空 "Vazio", mas que também significa "céu", "a abóbada celeste", "o firmamento"  (^_^) na palavra KARATE. 
Começam, então, as "especulações" e "tretas" sobre o significado deste ideograma.
E se eu, Joséverson,  quisesse atirar este assunto ao "plano religioso"? 
Quem poderia garantir que a tradução de KARA não é mesmo "Céu, celestial"?! E que alguém se enganou no meio de traduções e interpretações do sentido original quando transcreveu como "vazio". Nada impede que eu também não tenha razão! Seria, então, "Mãos Celestiais" como tendo um sentido de algo muito, muito, muito, muito mais DIVINO ainda!!! Quase chegando a "Mão(s) divinas" (^_^) ... 
Da mesma forma que este meu "disparate" é mais do que evidente, menos evidentes são as teorias e afirmações que começaram a ser espalhadas, misticismos foram adicionados ao ideograma conferindo-lhe um "caráter religioso"... O tão idolatrado e mundialmente conhecido "ZEN budismo"! Mas, usemos mais uma vez o cérebro para "pensar"... 
Vamos à RAÍZ da questão: o ideograma KARA só foi alterado por imposição japonesa! 
Originalmente, não havia na arte de Ryūkyū NENHUM significado obscuro, subentendido ou latente, nenhum significado "budista" ou transcendental fazia parte da questão e da arte originais! de era de e NADA MAIS! "Vazio", "Budismo"?! 
Assim... A alteração foi feita apenas para ajustar o nome da arte de Okinawa às exigências da Dai Nippon Butokukai. Foi só por isso, e não para ajustar sentidos transcendentais que foi feita a alteração do ideograma.
Para mim, KARATE significa apenas "mãos vazias", porque ao contrário de muitas artes do Budō japonês que usam armas, o Karate - essencialmente - usa as mãos vazias para o combate. Por isso, tenho minhas sinceras dúvidas - com base na história e cultura japoneses - que o KARA de KARATE expresse algum signifricado "oculto" ou místico que o eleve às raias do budismo, pois os fatos falam por si.
Resumindo:
唐手 Karate / de (Okinawa) - "Técnicas Chinesas"... treino marcial apenas.
Karate (Japão) - "Mãos vazias"... agora com sentido religioso?!
-----

'Kara' in Japanese means empty, nothing inside, but in the Buddhist way of thinking things that couldn't see are most important and with full of contents like the air we breathe, which looks doesn't exist but without this the life couldn't exist. 'Te' means hand (Kanji character also shows with hand with fingers) but at the same time also means to protect things you carefully hold in your palm.
N. Nukina - July 2008
Allow me to express my doubts about this statement.
Let's talk about Karate history in order to understand the context where this matter is inserted.
When Karate was practiced in Okinawa it was called Tōde, and it had the following ideograms 唐手.As we know, (I am sorry for being repetitive, but some subjects are connected - japanese language and karate is one of these cases) the japanese ideograms have three readings: On'yomi, Kun'yomi and Nanori. Thus, the word Tōde does not excapes this rule.
Why?
1st - because it is written by "ideograms".
2nd - because in karate early days, Okinawa was already japanese territory.
3rd - considering the 1st and 2nd points, Tode was under japanese jurisdiction.


Well... let's see Tode's ideograms:

On'yomi: TŌ
Kun'yomi: KARA
Nanori: KARO, TAN
Meaning: Táng Dinasty - China.

On'yomi: SHU, ZU.
Kun'yomi: TE
Meaning: Hand(s).


So, Tōde was, in fact, translated as  "Chinese hand(s)" and one of its readings was "KARATE 唐手". Remember: in Okinawa, "Hand(s)" Ti 手 was also "Technique(s)".
When Karate was brought from Okinawa to Japan by Funakoshi Gichin, naturally, in order to be accepted by japanese society, the meaning "Chinese hand(s)" was TOTALLY out of question!
It was needed to chenge the ideogram Tō 唐 by other to remove the meaning "Chinese".
To say "needed to change" is pretty "soft", because the change was "compulsory ".
For this reason, the ideogram KARA 空 "empty, void" came out! But KARA also means "Sky" (^_^). 
Then, "speculations" and "nonsenses" about this ideogram began to be widely spread.
What if - me, Joseverson - want to place this matter into "religious realms"? Who is able to assure that the meaning of KARA is not SKY?! May be, somewhere, somehow, someone, among translations and interpretations about the real and original meaning of "KARA" made a huge mistake and translated it as "Empty, void" when in fact it was "Sky".
Nothing can be found to contradict what I am saying. In this case, KARATE would be translated as "Sky Hands", giving it a meaning much, much, much more deeper meaning - like "Heaven (skies) hand(s)" or the ultimate "Divine Hand(s)". (^_^)...
The same way this stupidity of mine is more than evident, less evident are the theories and statements that came out and, again, widely spread. Mysticisms were added to the new ideogram giving it a "religious character"... like that very worshiped and well known "Zen buddism"! But let's use our brain once again to "think"... 
Let's see the root of the question: this new KARA ideogram is nothing but a japanese imposition!
Originally, Ryūkyūan arts had NO dark, implied, latent meaning or based on transcendental aspects only! Tōde was  Tōde  and nothing else. "Emptyness", "Buddism"?!
Thus, the change was done to adapt the name of the Okinawan art to Dai Nippon Butokukai demands. This was the main reason and it was not done to give to the art any religious aspect.
As for me, KARATE means nothing more or less than "Empty hand(s)", because - different from some japanese Budō Arts that use weapons - Karate uses essentially hand(s) to fight. 
For this reason I have my sincere doubts - based on japanese history and culture - that  KARA of the word KARATE express any hidden or mystic meaning that makes it near to religious aspect of buddism, because facts speak by themselves.
Making it short:
唐手 Karate / de (Okinawa) - "Chinese Techniques"... martial purpose only.
Karate (Japan) - "Empty hand(s)"... now a religious meaning?!
-----

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

54. 演武線 ENBUSEN.

O que é o Enbusen?
Literalmente esta expressão significa "linha de performance marcial", onde:
演 EN - Performance, ato, ação.
武 BU - Militar, militarismo, "marcial".
 SEN - Linha.
Nas Vias Marciais entende-se ENBUSEN (lê-se "enbussem" porque o "s" em japonês NUNCA tem som "z") como "Linha de progressão do Kata", isto é, a linha imaginária marcada no solo sobre a qual o praticante deverá executar o Kata. 
Alguém mais atento poderia agora fazer uma analogia bastante pertinente: "Uma linha? Como um traço num kanji?" Exatamente! Como um Kanji que representa uma idéia, o Enbusen representa o ensinamento antigo de um mestre das Vias Marciais. 
É por esta razão que eu digo que se deve expressar as Vias Marciais (Budō) como se de uma pintura se tratasse. Proporções (da força e movimento - da técnica e do traço) certas, equilíbrio (da técnica e do traço) certo, imagem (da técnica e do traço) certa... E é por isso que se faz a analogia das artes militares com a arte da escrita... A atenção dada no treino da escrita é a mesma atenção usada no treino do Budō.
-----
What is Enbusen?
Literally this expression means "Line for martial performance", where:
演 EN - Performance, act, action.
武 BU - Military, militarism, "martial".
 SEN - Line.
In Martial Ways we understand Enbusen as "Kata's progression line", that is, an imaginary line written ont the ground on which the practitioner should perform the Kata.
At this point someone may trace a very pertinent analogy: "A line? Like a kanji stroke?" Exactly! Like a Kanji that presents an idea, Enbusen presents the ancient teaching of a Martial Way master.
For this reason I keep saying that we have to express the Martial Ways (Budō) as being a masterpiece: correct  (strenght and movement - technique and stroke) proportions,  correct (technique and stroke) balance, correct (technique and stroke) image. Because of those features, it is possible to make the analogy between Military Arts and Caligraphy... the attention paid to the training of ideograms is the very same attention paid to  the training of Budō.
-----

sábado, 24 de dezembro de 2011

53. 決め / 極め KIME.

Não vou "reinventar" a roda... Eis duas definições para a palavra KIME:

1. 決め手 - 勝敗を決するようなポイント。
Kimete - Shōhai o kessuru yō na pointo.
Kimete - É o ponto onde se decide a vitória ou derrota. (Ponto crucial.)
2. 極める - 相手を参らせるために最後に技をまとめること。
Kimeru - Aite o maiwaraseru tame ni saigo ni waza o matomeru koto.
Kimeru - "Controlar" o oponente até concluir a técnica completamente.
in Kōdōkan Jūdō Dictionary

Preste atenção: dois Kanji diferentes, duas ideias diferentes, mas ambos significados representam a palavra KIME.
Agora a questão é: qual é o sentido que a palavra KIME assume no Karate?
Algumas vezes traduzido por "potência", "determinação" e assim por diante... prefiro não me afastar das definições japonesas apresentadas acima, pois acredito que definem exatamente o que seja KIME.
-----
Not going to "reinvent" the wheel... Here there are two definitions to the word KIME:

1. 決め手 - 勝敗を決するようなポイント。
Kimete - Shōhai o kessuru yō na pointo.
Kimete - it is the point where victory or defeat is decided. (Crucial point.)
2. 極める - 相手を参らせるために最後に技をまとめること。
Kimeru: Aite o maiwaraseru tame ni saigo ni waza o matomeru koto.
Kimeru - By "controlling" the opponent, to conclude the technique untill its very end.
in Kōdōkan Jūdō Dictionary

Pay attention: two different KANJI, two different ideas, but both meanings represent the word KIME
Now the question is: what is the meaning that KIME assumes in Karate?
Sometimes translated as "power", "determination" and so on, I would rather stick to the japanese definitions presented above because I think they define exactly what KIME is all about.
-----

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

52. 漫画 Manga (1)

Algumas vezes, saber desenhar um boneco simples dá imenso jeito! (^_^) 
E como nós não somos nenhum Da Vinci, precisamos de meios para usar no Karate de forma simples e rápida. 
Assim sendo, hoje vou introduzir uma forma rápida de desenhar um pequeno Karateka que pode ser feita em 15 segundos ou menos.
Vejamos o quadro abaixo:
1. Começamos com um círculo... não importa ser um círculo "perfeito" pois serve apenas como "cabeça".
2. Logo abaixo colocamos um retângulo para fazer de tronco.
3. Adicionamos umas linhas para fazer de braços e pernas.
4. Colocamos pequenos círculos (ou elípses) para serem as mãos e pequenos triângulos para serem os pés.
5. Por fim, a parte mais complexa: colocar o karate-gi e Obi (faixa/cinto).
... E isso é tudo! (^_^)

Sometimes to know how to make a simple sketch becomes really handy! (^_^)
However we are not a "Da Vinci", so we need simple and quick tools to use in Karate. 
Today I am going to introduce a very quick way to draw a little Karateka that can be done in 15 seconds or less.
See the picture above:
1. We start by drawing a circle... (it does not matter if the circle is "perfect" or not) it is the head.
2. Just below we place a rectangle... the body.
3. Just add four lines to the rectangle to be arms and legs.
4. Now lets put tiny circles for hands and tiny triangles for feet.
5. Finally, the complex part: to draw the Karate-gi and Obi (belt).
... And that's all! (^_^)

51. 寸止め SUNDOME.

Eis um conceito "aberto" à interpretações diversas, mas - na realidade - passa a ter uma interpretação única e bastante simples se for corretamente entendido.
Como sempre, vamos ver o que significa esta palavra e depois fazer uns breves comentários para dar início a uma discussão de ideias.
A expressão "Sundome" significa literalmente "Parar à medida"... algo como "Parar numa distância segura" ou "Parar precisamente antes do impacto". Onde
寸  - SUN - "Medida".
止め - DOME - "Parar" - Vem do verbo TOMERU 止める.
E o que isto significa na realidade?
Estamos bastante acostumados a ver (ou a não ver) a aplicação de tal conceito em competições onde o maior ou menor grau de precisão do competidor é o exemplo vivo do tempo de prática do Sundome e, imediatamente, isso traz à memória uma frase de Funakoshi Gichin Sensei:

一、禍は懈怠に生ず 。HITOTSU - WAZAWAI WA GETAI NI SHOZU.
Importante, os infortúnios nascem com a negligência.

Isso é um fato inquestionável! Mas alguém vai dizer: "Mas numa situação de combate real..."
É verdade, numa situação real não nos importa "raspar a superfície", queremos mesmo é "Atravessar a fortaleza"... Mas, mesmo em combate real, temos de ser capazes de ter precisão suficiente para executar a técnica corretamente e não "atacar às cegas". Afinal, é para isso que se treina constantemente os Kata e Kumite.
Métodos de treino variam de instrutor para instrutor, por isso não vou abordar "métodos".
O que eu quero deixar claro é que SUNDOME implica precisão e precisão implica muito treino. Falhas na aplicação deste conceito são "negligência pura". 
O que o instrutor deve ter em mente é que a negligência não é uma boa imagem para a sua escola. Por outro lado, a precisão, a capacidade de aplicar efetivamente o SUNDOME através do treino constante é a marca de bons instrutores, alunos e escolas.
-----
Here it is... an "open" concept to different interpretations, but - in fact - it becomes a single  and easy interpretation if correctly understood.
Like always, let's see the meaning of this word and make few brief comments to start a wider exchange of ideas.
The expression "Sundome" means literally "to stop just before"... something like "to stop at safe distance" or "to stop just before the impact". Where:
寸  - SUN - "Measurement".
止め - DOME - "Stop" - It comes from the verb TOMERU 止める ("to stop").
And what does it really mean?
We are used to see (or not see) the application of this concept in competitions where a higher or lower degree of competitor's precision is live example of the time spent practicing Sundome and immediately it brings to the memory a phrase of Funakoshi Gichin Sensei:

一、禍は懈怠に生ず 。HITOTSU - WAZAWAI WA GETAI NI SHOZU.
Important, misfortune comes from negligence (lazyness).

It is an unquestionable fact! But someone would say: "But in real combat situation..."
True! In real combat situation we don't want to "scratch the surface" we want to "Penetrate the fortress"... But, even in real combat we must be able to have enough precision to perform the technique correctly, no "blind attacks". After all, it is why we practice Kata and Kumite constantly.
Methods may vary from instructor to instructor and, for this reason, I am not going to comment "methods".
What I want to make clear is: SUNDOME implies precision and precision implies training, lots of! Failure in application of this concept is pure negligence.
Instructors must have in mind that negligence is not a good image to their schools. On the other hand, precision, ability to apply effectively SUNDOME by constant training is outstando feature of good instructors, students and schools.

50. KARATE 空手 e SHODŌ 書道


Alguns Karateka (não estou a falar de "praticantes de Karate") que vão um pouquinho mais fundo no estudo do Karate já ouviram falar numa associação entre a prática das Vias Marciais e a escrita oriental, mais especificamente, a caligrafia (palavra de origem grega  κάλλος kallos "beleza" + γραφή graphé "escrita", ou seja, "escrita bela") dos ideogramas (Chineses ou Japoneses - sim, atualmente há diferenças entre ambos - mas esse assunto agora não vem ao caso).
Pois bem, como estes Karateka bem sabem, a "beleza" faz parte das artes orientais (e ocidentais), quer sejam as artes Militares (Budō) quer seja a escrita (Shodō) - porque ambas levam o seu longo tempo de aprendizagem e expressam visualmente o conhecimento do "artista" que as executa.
E... qual é o propósito deste comentário?
Simples! Estive a ler o Blog de Inocentes Sensei onde estavam os seguintes ideogramas:

E eu sei que eles foram escritos por alguém que não conhece a escrita japonesa.
Como é que eu sei? Isso é fácil: a ordem dos traços dos ideogramas está errada!
É como pedir a um iniciante que faça um Kata avançado tendo o iniciante visto o Kata  apenas algumas vezes.
Eis o que está errado nos ideogramas:

Eis os ideogramas escritos de forma correta:
Novamente - nunca me canso de repetir a mesma coisa - ESTUDAR e PRATICAR a arte é o que claramente identifica aqueles que SABEM daqueles que não sabem a arte que apresentam.
Os ideogramas no artigo original são a palavra "Makoto"? Sim.
Os ideogramas estão corretos? NÃO!
No caso da escrita dos ideogramas (Shodō) e da arte militar (Budō), só aqueles que buscam o conhecimento tanto teórico como prático - conhecimento conseguido após muitos e muitos anos de estudo e treino - é que são capazes de detectar estas incorreções. Falhas que passariam - de outro modo - como sendo informações fidedignas.
Estes Karateka é que são capazes de ver a beleza dos traços dos ideogramas, dos movimentos de um Kata ou das técnicas do Kumite... porque a beleza existe em todas as artes.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

KARATE 空手 and SHODŌ 書道.
Some Karateka (I am not talking about "Karate practitioners") who go a little deeper on the study of Karate already heard about the relation between Martial Way and oriental writing systems , to be more specific, the caligraphy (this word comes from Greek words κάλλος kallos "beauty" + γραφή graphé "writing" it means, "beautiful writing" of ideograms (Chinese or Japanese - yup! Actually there are differences between these systems, but it does not matter at this point).
Ok... these Karateka know pretty well that "beauty" is part of oriental (and ocidental) arts, no matter if they are military (Budō) or writing (Shodō) - because both arts take their (long) time to be mastered and visually express the knowledge of the "artist" that perform them.
And... what is the purpose of this comment?
This is simple! I was reading Inocentes Sensei Blog where I found the following ideograms:

And I know they were written by someone that does not know japanese caligraphy.
How do I know? That is easy: the order of the strokes in both ideograms is wrong!
It is just like to ask a beginner to perform an advanced Kata after watching it few times.
Here we can see the mistaken parts of these ideograms:

Here both ideograms correctly written:
Again - I do not get tired to repeat the very same thing - to STUDY and to PRACTICE the art is what clearly identify those ones that KNOW from the others that do NOT know the art they present.
Are the ideograms in the article the word "Makoto"? Yes.
Are the ideograms correct? NO!
No matter if talking about writing art (Shodō) or martial art (Budō), only those ones who pursue theoretical and practical knowledge - this "knowledge" aquired after long and long years of effective study and training - will be able to detect such mistakes - failures that would be presented as "correct information" otherwise. 
These Karateka are able to see the beauty in the strokes of an ideogram, beauty in the movement of Kata or Kumite technique... because "Beauty" exists in every art.

domingo, 18 de dezembro de 2011

49. Buzāganashī / Busāganashī


Eis outro assunto muito controverso no mundo do Karate. Controverso porque há muita coisa escrita, mas nada que fundamente as informações apresentadas. Além disso, algumas escolas de Okinawa afirmam ser "donas" da imagem de Buzāganashī, o que é um grande disparate!
Portanto, vamos começar pela pergunta óbvia: “Quem é Buzāganashī?” 
Precisamos de um ponto de partida! 
Vejamos… Eu escolhi uma afirmação que se encontra espalhada por muitos sites japoneses sobre Karate. Nestes sites existe uma foto e um breve comentário que será o nosso pontapé inicial. A foto pertence ao livro "沖縄の空手・相撲名人伝" “Mestres do Karate e Sumō de Okinawa” escrito por Nagamine Shōshin 長嶺将真(1986).
Eis a foto:

Nota (legal) importante sobre esta fotografia:

“日本を法管轄とするこの写真画像は、(1)1956年(昭和31年)12月31日までに公表(発行)された。または、(2)1946年(昭和21年)以前に撮影(製作)され且つ起算日から10年以内に公表されなかったものである。これらの二つのいずれかであるため、日本の旧著作権法第23条及び著作権法附則第2条の規定により著作権の保護期間が満了しています。
Esta imagem fotográfica foi publicada antes de 31 de Dezembro de 1956, ou fotografada antes de 1946 e não foi publicada num período de dez anos subsequentes, sob a jurisdição do Governo Japonês. Assim, esta imagem fotográfica é considerada como “domínio público” de acordo com o artigo 23 da antiga lei de direitos de autor do Japão e artigo 2 da provisão suplementar da lei de direitos de autor do Japão.”


--- Isto significa simplesmente que esta imagem pode ser usada livremente…E a mesma é acompanhada pelo seguinte texto muito breve:
若き日の宮城長順と許田重発。
型分解、もしくは武備誌にある九天風火院三田都元帥(ブザーガナシー)のポーズを模して組手にしたものと思われる。
“Miyagi Chōjun e Kyoda Jūhatsu nos dias de juventude.
Pensa-se ser Bunkai de um Kata ou prática de Kumite imitando a pose de Jìutian Feng-hûo-yùan San Tían Du Yúanshùai (Buzāganashī) que se encontra no Bubishi.”



--- Hummm… “Jìutian Feng-hûo-yùan San Tían Du Yúanshùai” ?!?
De acordo com a cultura chinesa, Tían Du Yúan Shùai 田都元帥 “Marechal da Capital Celestial” é um dos principais deuses da ópera de Taiwan. O seu nome completo Jìu-tian Feng-hûo-yùan San Tían Du Yúan Shùai 九天風火院三田都元帥 significa “Marechal Tian Du do Palácio do Vento e do Fogo nos Nove Céus” está indicado no Sanjiao Yúanlíu Soushén Dàqúan 三教源流捜神大全 “Compêndio das Origens das Três religiões”. Segundo esta fonte, a característica de Tían Du 田都 era ser um deus menor, curando os doentes, afastando as pragas, cantando e dançando e perito em artes marciais! 


--- Bem… E por que Tian Du está relacionado com o Gōjū-ryū?
De acordo com tradição do Karate de Okinawa, diz-se que: “Miyagi Chōjun 宮城長順 teria viajado à China – 福建 Fujian / Fukien – com o seu amigo Gogenki 呉賢貴 para comprar chá Wulong 烏龍. Tendo ouvido histórias a respeito deste deus e visto um pergaminho com a figura de Tian Du (Buzāganashī) trouxe-o para Okinawa – imagem que venerava diariamente (de acordo com Miyazato Ei'ichi 宮里 栄一 Sensei). Durante a Segunda Guerra Mundial, sua casa e dōjō foram bombardeados e a figura de Tían Du foi destruída. Depois da guerra, um dos seus estudantes - Madanbashi Keiyō 真玉橋景洋 - que já havia feito um desenho prévio da imagem, estava de viagem pelas Filipinas. Medanbashi, tendo a figura de Buzāganashī, pediu a um escultor local que fizesse uma estátua a partir da figura que ele trazia consigo. E assim fez o escultor. Então Madanbashi trouxe a estátua para Okinawa e ofereceu ao mestre Miyagi Chōjun como presente. Emocionado, Miyagi Chōjun coloca a estátua no Jundōkan dōjō 順道館道場 – onde está até aos dias de hoje.
--- Esta é a razão porque Miyagi Chōjun tinha interesse na imagem de Buzāganashī (o deus das Artes Marciais)! Acho eu! (^_^)
====================================================================
Here it is… another controversial matter in Karate world. It is controverse because there are lots of written subjects, but almost nothing fully developed to provide more information on the subject. Moreover, some Okinwan Karate schools claim to be “owners” of Buzāganashī image… what is a huge nonsense!
So, let’s start with the very obvious question: “Who is Buzāganashī?” 
We need a starting point! 
Let’s see… I choose a statement that we can easily find widely spread in Japanese sites about Karate. In such sites, there is a photo and a very brief comment that will be our starting kick.The source belongs to the book "沖縄の空手・相撲名人伝" Masters of Karate and Sumō of Okinawa” written by Nagamine Shōshin 長嶺将真 (1986).
Here is the photo:

(Important) Legal stuff about this photo:

“This photographic image was published before December 31st 1956, or photographed before 1946 and not published for 10 years thereafter, under jurisdiction of the Government of Japan. Thus this photographic image is considered to be public domain according to article 23 of old copyright law of Japan and article 2 of supplemental provision of copyright law of Japan.”


--- It simply means that this picture can be used freely! This photo has the following brief text added:
若き日の宮城長順と許田重発。
型分解、もしくは武備誌にある九天風火院三田都元帥(ブザーガナシー)のポーズを模して組手にしたものと思われる。
“Miyagi Chōjun and Kyoda Jūhatsu in their youth days. 
It seems to be a Kata Bunkai or to have been taken from Kumite imitating the pose of Jìu-tian Feng-hûo-yùan San Tían Du Yúanshùai (Buzāganashī) that can be found in Bubishi.” 


--- Hummm… “Jìutian Feng-hûo-yùan San Tían Du Yúanshùai” ?!? 
According to Chinese culture, Tían Du Yúan Shùai 田都元帥 (“Marshal of Celestial Capital”) is one of the main gods of Taiwanese Opera. His complete name is Jìutian Feng-hûo-yùan San Tían Du Yúanshùai 九天風火院三田都元帥 that means “Marshal Tian Du of the Palace of Wind and Fire in the Nine Heavens” and is mentioned in the Sanjiao Yúanlíu Soushén Dàqúan 三教源流捜神大全 “Compendium of the Origins of the Three Religions” and according to this source, Tían Du 田都 would be a júnior patron god, healing the sick, warding off plagues, singing and dancing, skilled in Martial Arts! 


--- Well… And why is Tian Du related to Gōjū-ryū? 
According to Okinawan Karate tradition it is said that Miyagi Chōjun went to 福建 Fujian / Fukien on one of his trips with his friend Gokenki 呉賢貴 to buy wulong 烏龍 tea. He heard histories about this god and saw a scroll of Tian Du (Buzāganashī). He brought the scroll back to Okinawa – it is said that Miyagi Sensei venerated the image everyday (according to Miyazato Ei'ichi 宮里 栄一 Sensei). During World War II, Miyagi’s house and dōjō were bombed and the image of Tian Du was destroyed. After the War, one of Miyagi's students - Madanbashi Keiyō 真玉橋景洋 - who had previously made a sketch of the Buzāganashī, was on a trip to the Philippines. Having a picture of Buzāganashī, Medanbashi asked a local sculptor if he could carve a statue just like the picture he had and so the sculptor did. Then, Madanbashi brought the statue back to Okinawa and offered it as a gift to Miyagi Chōjun. Miyagi Sensei then placed it in the Jundōkan dōjō 順道館道場 where it sits to this day. 
--- That's the reason why Miyagi Sensei had special interest on Buzāganashī (god of Martial Arts)... I think (^_^)

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

48. Kenpō Taiyō Hakku.

拳法大要八句
8 princípios Chineses do Bubishi usados por Miyagi Chōjun para chamar à sua arte Gōjū-ryū.
8 Chinese principles of Bubishi used by Miyagi Chōjun to name his art Gōjū-ryū.
---------------------------------------------------------------------------------------

「武備誌」 Wûbèi-zhì.
「武備誌」 Bubishi
"Documentos de preparação para o combate."
"Documents for Combat Readiness."

拳法大要八句 Qúan-fà dàiyao bajù.
拳法大要八句  Kenpō Taiyō Hakku.
"Os oito princípios do Kenpō."
"Eight principles of Qúan-fà (Kenpō)".

1人心同天地 Rénxin tóng tiandi.
人心は天地に同じ Jinshin wa tenchi ni onaji.
"O espírito humano é o mesmo que os Céus e a Terra."
"Human spirit is the same as Heaven and Earth."

2血脈似日月 Xîemò shì rìyùe.
血脈は日月に似たり Ketsumyaku wa jitsugetsu ni nitari.
"A circulação sanguínea imita os ciclos do sol e da lua."
"Blood circulation imitates the cycles of sun and moon."

3法剛柔呑吐 Fà gang-róu tuntù.
法は剛柔を呑吐し Hō wa gōjū wo donto shi.
"A forma da inspiração é suave e da expiração é dura."
"Inhalation is soft and exhalation is hard."

4身隨時應變 Shensúi shí yingbian.
身は随時応変す Mi wa zuiji ōhensu.
"O corpo responde (reage) de acordo com as mudanças."
"The body answers (reacts) according to the changes."

5手逢空則入 Shôuféng kongzérù.
手は空に逢えば即ち入る Te wa ku ni aeba sunawachi hairu.
"O confronto ocorre na ausência de pensamento consciente." (1)
"Confrontation occurs in the absence of conscious thought." (1)

6碼進退離逢 Mâ jìntùi liféng.
進退は碼りて離逢す Shintai wa hakarite rihōsu.
"Os pés devem avançar e recuar, separar e juntar."(1)
"The feet must advance and retreat, separate and meet."(1)

7目要視四向 Mùyao shì sìxìang.
目は四方を観ることを要す Me wa shihō wo miru koto wo yōsu.
"O importante é os olhos verem nas quatro direções."
"The key point is the eyes look around in four directions".

8耳能聽八方 Êr néng-ting bafang.
耳は能く八方を聴听す Mimi wa yoku happō wo shōkinsu.
"As orelhas escutam atentamente em 8 direções."
"Ears listen carefully in 8 directions."
*************************************************************
(1) Esta não é a tradução literal, mas o sentido é aceitável.
(1) This is not literal translation, but its meaning is acceptable.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

47. 型名称 Kata Meishō.

- Apenas por curiosidade... - For curiosity purposes only  (^_^)

************************************************************************************************
松濤館の型 Shōtōkan no Kata:
平安 Heian - "Tranquilidade" ou "paz". "Peaceful".
鉄騎 Tekki - "Cavaleiro de ferro". "Iron Horseman".
十手 Jitte - "10 Mãos". "10 Hands".
慈蔭/慈陰/慈允 Ji'in - "Auxílio Misericordioso". "Mercy Assistance".
慈恩/慈音 Jion - Refere-se ao templo Jion. Related to Jion temple.
観空 Kankū - "Olhar o Céu". "To look at the sky".
明鏡 Meikyō - "Espelho Límpido". "Bright Mirror".
二十四歩 Nijūshiho - "24 passos". "24 steps".
壮鎮 Sōchin - "Prosperidade e Tranquilidade". "Prosperity and peace".
抜砦/発塞/抜塞 Bassai - "Atravessar a Fortaleza"."Break into a Fortress".
珍手/陳手/鎮定 Chintei - "Mãos estranhas". "Curious (strange) Hands".
岩鶴 Gangaku - "O grou sobre o rochedo". "Crane on a rock".
半月 Hangetsu - "Meia-lua". "Half Moon".
燕飛 Enpi - "Andorinha voadora". "Flying Swallow".
雲手 Unsu - "Mãos nas/das Nuvens". "Cloud Hands".
************************************************************************************************
剛柔流の型 Gōjū-ryū no Kata:
撃砕 Gekisai - "Atacar e esmagar". "Attack and smash".
三戦 Sanchin - "3 batalhas". "3 battles".
転掌 Tenshō - "Palmas giratórias". "Rolling palms".
砕破/最破 Saifā - "Esmagar e destruir". "Smash and destroy".
三十六手 Sansērū - "36". 
制引戦/征遠鎮 Sēyunchin Nome de origem incerta. Kata name origin is uncertain.
四向戦士壮鎮 Shisōchin - "Batalha em 4 direções". "4 directions battle".
十八手 Sēpai - "18".
十三手 Sēsan - "13".
久留頓破/来留破 Kururunfā - "Prender por muito tempo e destruir subitamente". "Long hold and sudden break".
壱百零八手/百歩連 Sūpārinpē - "108".
Petchūrin - ."100 passos encadeados". "100 steps connected".
************************************************************************************************
和道流の型  Wadō-ryū no Kata:
天の型 Ten no Kata - "Kata do Céu". "Kata of heaven".
太極 Taikyoku - "O grande extremo". "Grand ultimate".
平安 Pin'An - "Tranquilidade" ou "Paz". "Peaceful".
内畔戦/内歩進 Naifanchi(n) - "Batalha numa encosta". "Battle in a ridge".
公相君 Kūshankū - Nome do emissário Chinês. Name of chinese envoy.
十三手 Seishan - "13".
鎮闘〉岩鶴 Chintō - "Conbate controlado".
鷺牌老梅〉明鏡 Rōhai - "O símbolo da garça (Majong)". "Heron sign (Mahjong)". (1)
慈恩/慈音 Jion - Refere-se ao templo Jion. Related to Jion temple.
十手 Jitte - "10 Mãos". "10 hands".
二十四歩 Nīsēshī - "24 passos". "24 steps".
抜砦/発塞/抜塞 Passai - "Atravessar a fortaleza". "Break into a fortress".
汪楫/汪集/汪輯 Wanshū - Nome do emissário Chinês. Name of chinese envoy.
壱百零八手/百歩連(スーパーリンペー)Sūpārinpē - "108".
(1) O significado do segundo par de ideogramas parecem estar errados, mas é apresentado por algumas fontes de Wadō-ryū.
(1) the meaning of second set of ideograms seems to be wrong, but they are presented in some Wadō-ryū sources.
************************************************************************************************
糸東流の型 Shitō-Ryū no Kata:
--- ▲糸洲 - Itosu. ---
基本 Kihon - "Fundamental". "Foundation".
平安 
Pin'An - "Tranquilidade" ou "Paz". "Peaceful".
十六 Jūroku - "16".

松風 Matsukaze / Shōfū- "Vento nos pinheiros". "Pine tree wind"
実手 Jitte - "Mãos verdadeiras". "Hands of truth".
慈恩/慈音 Jion - Refere-se ao templo Jion. Related to Jion temple.
慈蔭/慈陰/慈允 
Ji'in -  "Auxílio Misericordioso". "Mercy Assistance". 
鷺牌 
Rōhai - "O símbolo da garça (Majong)". "Heron sign (Mahjong)".
抜砦/発塞/抜塞 
Bassai - "Atravessar a Fortaleza". "Break into a fortress".
公相君 Kōsōkun
Nome do emissário Chinês. Name of chinese envoy. 
四方公相君 Shihō-Kōsōkun -  "K
ōsōkun em 4 direções". "4 directions Kōsōkun".
珍手/陳手/鎮定 Chintei - "Mãos Estranhas". "Curious (strange) Hands".
戦東鎮闘岩鶴/鎮東 Chintō - Nome de origem incerta. Kata name origin is uncertain.
汪楫/汪集/汪輯 Wanshū -  Nome do emissário Chinês. Name of chinese envoy.  
拳秀 Kenshu - "A excelência (beleza) dos punhos". "Fist excellence (beauty)".
明星 Myojō - "Estrela brilhante". "Bright star".
青柳 Aoyagi - "Salgueiro verde". "Green willow".
五十四歩 Gojūshiho - "54 passos". "54 steps".
伯 Kenpaku - "?"
--- ▲東恩納 - Higaonna. ---
三戦 
Sanchin - "3 Batalhas". "3 battles".
新生 Shinsei - "Nova vida". "New life".

拳掌 Kenshō - "?"
壮鎮 Sōchin - "Prosperidade e Tranquilidade". "Prosperity and peace". 
四向戦士壮鎮 Shisōchin - "Batalha em 4 direções". "4 directions battle". 
征遠鎮 S
ēenchin Nome de origem incerta. Kata name origin is uncertain.
八方掌 Happō-shō - "Palams das mãos em 8 direções". "Palms in 8 directions".
心波/侵破 Shinpā  - "Onda espiritual". "Spiriitual wave".
砕破/最破 Saifā - "Esmagar e destruir". "Smash and destroy". 
久留頓破 
Kururunfā - "Prender por muito tempo e destruir subitamente". "Long hold sudden break".
十三 S
ēsan - "13".
十八 Sēpai - "18".
二十四 Nīsēshī - "24".
三十六 Sansērū - "36".
雲手 Unshu - "Mãos nas/das Nuvens". "Cloud hands". 
壱百零八手 S
ūpārinpē - "108".
二十八歩 Nipaipo - "28 passos". "28 steps".
八歩連 Paporen - "8 passos encadeados". "8 steps connected".
白鳥 Haffa / Hakuchō - "Pássaro Branco". "White bird".

************************************************************************************************
上地流の型 Uechi-ryū no Kata:
三戦 Sanchin - "3 Batalhas". "3 battles".
完子和 Kanshiwa - Combinação de Kanbun e (Shū) Shiwa. Name combination: Kanbun and (Shū) Shiwa.
完周 Kanshū - Combinação de Kanbun e Shū (Shiwa). Name combination: Kanbun and Shū (Shiwa).
十戦 chin - "10 batalhas". "10 battles".
十三 san - "13".
十六 Sērū - "16" (Jūroku em japonês. Jūroku in japanese).
完戦 Kanchin - Combinação de Kanbun e o ideograma "Batalha" resultando "Batalha decisiva". Name combination: Kanbun and ideogram "Battle" resulting "Decisive Battle".
三十六 Sansērū - "36".
************************************************************************************************
一心流の型 Isshin-ryū no Kata:
十三 san - "13".
制引戦 Sēyunchin -  Nome de origem incerta. Kata name origin is uncertain.
内畔戦/内歩進 Naifanchi(n) - "Batalha numa encosta". "Battle in a ridge". 
汪楫/汪集/汪輯 Wanshū - Nome do emissário Chinês. Name of chinese envoy.
戦東鎮闘岩鶴/鎮東 Chintō - Nome de origem incerta. Name origin is uncertain.
公相君 Kūshankū - Nome do emissário Chinês. Name of chinese envoy.
三戦 Sanchin - "3 Batalhas". "3 battles".
済慶 Sunsū - "A alegria do dever cumprido". "Happiness of duty accomplished" (1)
--- ▲古武道 Kobudō. ---
徳峰ヌ棍 Tokumine nu kun - "Bastão de Tokumine". "Tokumine's staff".
浦添ヌ棍 Urashi nu kun - "Bastão de Urashi". "Urashi staff".
添石ヌ棍 Shishi nu kun - "Bastão de Shishi". "Shishi staff".
公相君釵 sankū-Sai - "Sai de Kūsankū". "Kūsankū's Sai".
北谷屋良ヌ釵 Chatan'yara nu Sai - "Sai de Chatan'yara". "Chatan'yara's Sai".
浜比嘉ヌ拐 Hamahiga nu Tonfā - "Tonfā de Hamahiga". "Hamahiga's Tonfā".
(1) Algumas fontes indicam a tradução como sendo "Homem forte" ou "Homem de ferro", mas não é isso que os ideogramas do Kata indicam.
(1) Some sources present this name as "Strong man" or "Iron man", but Kata ideograms do not back this up.
************************************************************************************************
劉衛流の型 Ryūei-ryū no Kata:
--- ▲ムテイーヌ ホウー<無手の法> Mutī nu hō. ---
二十四 Nisēshī - "24".
三十六 Sansērū - "36".
十三 Sēsan - "13".
巴球 Pāchū - "Esfera rotativa". "Rolling sphere".
黒虎 Heikū - "Tigre Negro". "Black tiger".
白虎 Paikū - "Tigre Branco". "White tiger".
安南 Ānan - "Sul Tranquilo". "Peaceful south".
制引戦 Sēyunchin - [Entradas anteriores - Previous posts.]
壱百零八 Sūpārinpē - "108".
オーハン Ōhan - "?".
白鶴 Paihō - "Garça Branca". "White crane".
--- ▲古武道 Kobudō. ---
クボーの棍 Kubō no kun.
カーティンの棍 Kātin no kun.
劉龍の棍 Rūrū no kun.
短棍(耳切れ棒)Tankon (?)
錫杖 Sakugusan. "Técnicas de bastão curto". "Short staff techniques".
釵 Sai.
二丁鎌 Nichōgama.
団牌/藤牌 Tinbē - "Técnicas de escudo de Okinawa". "Okinawan shield techniques".
眉尖刀 Bisentō - "Técnicas de espada de Okinawa". "Okinawan sword techniques"
櫂の法 Wēku (Ēku) nu hō - "Técnicas com remo". "Oar tecniques".
鉾 - Hoko - "Técnicas de alabarda". "Halberd techniques".
************************************************************************************************
極真の型 Kyokushin no Kata:
太極 Taikyoku - "O grande extremo". "Grand ultimate".
平安 Pin'An - "Tranquilidade" ou "Paz". "Peaceful".
三戦 Sanchin - "3 batalhas". "3 battles".
撃塞 Gekisai - "Atacar e obstruir". "Attack and obstruct".
安三 Yansu -
Nome do emissário Chinês. Name of chinese envoy.
突きの Tsuki no - "Socos". "Punches".
転掌 Tenshō - "Palmas giratórias". "Rolling palms".
最破 Saifā - "Destruição máxima". "Maximum destruction".
観空 Kankū - "Olhar o Céu". "To look at the sky".
征遠鎮 Sēenchin - Nome de origem incerta. Kata name origin is uncertain.
五十四歩 Sūshiho - "54 passos". "54 steps".
臥竜 Garyū - "Dragão reclinado". "Bending down Dragon".
十八 Sēpai - "18".
************************************************************************************************
小林流の型 Shōrin-ryū no Kata:
基本 Kihon - "Fundamental". "Foundation".
普及型 Fukyūgata - "Kata para difusão". "Kata for diffusion".
太極 Taikyoku - "O grande extremo". "Grand ultimate".
内畔戦/内歩進 Naifanchi(n) - "Batalha numa encosta". "Battle in a ridge".
平安 Pin'An - "Tranquilidade" ou "Paz". "Peaceful".
抜砦/発塞/抜塞 Passai - "Atravessar a Fortaleza"."Break into a Fortress".
慈恩/慈音 Jion -
Refere-se ao templo Jion. Related to Jion temple.
慈蔭/慈陰/慈允 Ji'in - "Auxílio Misericordioso". "Mercy Assistance".
公相君 Kūsankū - Nome do emissário Chinês. Name of chinese envoy.
戦東/鎮闘/岩鶴/鎮東 Chintō - Nome de origem incerta. Kata name origin is uncertain.
五十四歩 Gojūshiho - "54 passos". "54 steps".
鷺牌 Rōhai - "O símbolo da garça (Majong)". "Heron sign (Mahjong)".
白鳥 Haffa / Hakuchō - "Pássaro Branco". "White bird".
十三 Sēsan - "13".
汪楫/汪集/汪輯 Wanshū Nome do emissário Chinês. Name of chinese envoy. 
--- ▲古武道 Kobudō. ---
Sai.
Tonfā.
Kama.
Bō.
雙節棍/兩節棍/三節棍 Nunchaku.